Arquivos do Blog

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 7

Bem amigos agora eu tenho que ir, está foi a simples homenagem da gente ao silvio e desejamos a ele um feliz aniversário, natal e ano novo

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 6

O samba da Tradição estava na boca do público antes mesmo de a escola entrar na Sapucaí. Silvio Santos, o homenageado da noite, desfilou no alto do carro abre-alas e ensaiou passos tímidos. Silvio mostrou todo o seu carisma enquanto passava na avenida. Sorriu, cantou e fez a Sapucaí lembrar um programa de auditório.

O público viu um Silvio calouro na avenida e sem samba no pé, mas topando tudo com animação. Ele dançou e, com a letra do samba na ponta da língua, fez uma autobiografia em ritmo de carnaval. Na dispersão, o público prestou mais uma homenagem ao ídolo: improvisou aviõezinhos de papel e lançou-os na direção de Silvio.

“Estamos aqui usufruindo do sucesso do Silvio”. A emocionada Hebe tinha razão. Se a estrela da noite era Silvio Santos, sempre aplaudido, seus amigos paulistas, aproveitaram para se divertir muito.

A apresentadora do Programa Livre, Babi, que era uma das cinco madrinhas da bateria, podia não esbanjar samba no pé, mas compensava na animação. Mesmo com medo do arranjo da sua cabeça cair pulou o desfile inteiro. Carla Perez, outra das madrinhas, chegou atrasada e teve correr para alcançar a bateria. O apresentador Carlos Massa, o Ratinho, reconheceu que não sabia sambar. “Mas sei arrastar o pé, vou fazer uma mistura de forró e samba”, disse. Agradou. Foi um dos mais aplaudidos na dispersão. Já Gugu Liberato, que dançou o desfile inteiro, nem conseguia falar. Apenas colocava a mão no sobre o coração e dizia que estava explodindo.

Textos extraídos de reportagens de Roberta Carvalho e Fernando Moreira.

O SAMBA-ENREDO

O Homem do Baú – Hoje é Domingo, é Alegria, Vamos Sorrir e Cantar!
Autores:
Lourenço, Adalto Magalha Intérprete: Celino Dias

Olha que glória, que beleza de destino
Pra esse menino Deus reservou, ô ô
Ele cresceu, ele venceu, vive sorrindo
Com muito orgulho, foi camelô
Nasceu na Lapa
No Rio de Janeiro
Esse artista é o enredo da Tradição
Foi do rádio, minha gente
Hoje na televisão, oi patrão!
Faz o dia mais contente, a alegria do povão
Qual é o prêmio Lombardi, diz aí
Qual é a música quem sabe, canta aí (bis)
Quem quer dinheiro?
O aviãozinho vai subir
Minhas colegas de trabalho
Que beleza de auditório
Abre a porta da esperança
É namoro na TV
Boa noite, Cinderela
Gosto de você
Em nome do amor
Eu quero morrer de prazer
Laiá, laiá, oi
Laiá, laiá, oi
É um baú de felicidade
Vamos cantar
Vamos brincar
Vamos sorrir (bis)
É domingo, é alegria
Sílvio Santos vem aí

ENTREVISTA COM ORLANDO JUNIOR, O CARNAVALESCO DA TRADIÇÃO

Fonte: O Dia na Folia
Reportagem: Leonardo Ferreira
Ano da Reportagem: 2001

De quem foi a idéia de homenagear Silvio Santos?
A escola já vinha com essa idéia há algum tempo, estava no nosso arquivo. E esse ano a diretoria resolveu fazer esse enredo, e tivemos a sorte de o Silvio ter aceitado a homenagem.

É uma praxe na escola a diretoria escolher os enredos?
Não, isso aconteceu só esse ano. Os enredos são todos escolhidos por mim.

E como se deu o contato com o Silvio Santos?
O primeiro contato quem fez foi o Vágner, diretor da escola, que teve acesso ao SBT e à família do Silvio, e foi ele quem coletou todos os dados. Depois, nós sentamos e preparamos a sinopse. E eu estou fazendo o desenvolvimento dos figurinos, carros, etc.

Como a escola foi recebida em São Paulo?
O contato maior foi com as filhas do Silvio e nós fomos muito bem recebidos. Eles estão bem otimistas e felizes com a homenagem. O Silvio está superalegre. Eu ainda não tive contato com ele, mas vou
encontrá-lo em breve.

Que tipo de apoio a escola espera do Silvio Santos?
A escola é quem está homenageando a Silvio Santos, e não Silvio Santos está patrocinando a escola. A única coisa que a Tradição espera é a presença dele, que ainda não está confirmada. Nós o deixamos bem à vontade: se ele quiser desfilar, se puder nos dar esse privilégio, será um grande prazer para a escola.

E você acha que ele vem?
Eu acho que a emoção vai falar um pouco mais forte, e na última hora ele vem.

Então já há um espaço reservado para ele no desfile?
É claro.

No último carro? Será um gran-finale?
Não, não será no último carro. Mas eu não posso adiantar onde será, vamos deixar essa surpresa.

Além do Silvio Santos vocês estão esperando outros artistas do SBT, como Gugu, Ratinho e Hebe Camargo? Há espaço reservado para eles?
Ainda não há uma definição quanto a isso. Para nós, vai ser um prazer recebê-los, mas a Tradição não se prende a isso. Nós preparamos nosso carnaval a partir da comunidade. A escola não se prende aos grandes nomes do mundo artístico, às personalidades. Artistas para a Tradição são os componentes, as pessoas que prestigiam a escola e vêm aos ensaios. A nossa escola tem uma coisa de bom: todas as pessoas que participam do desfile são da comunidade, e estão aqui na quarta, na sexta e no domingo. A maioria de nossos destaques são de Campinho, Jacarepaguá, Barra… E são destaques que estão aqui desde a nossa fundação. Nossa estrutura é de comunidade.

Como vai ser conduzida essa homenagem?
Nós começamos mostrando os antepassados do Silvio: a mãe, da Turquia, e o pai, da Grécia. Depois da Inquisição eles foram para a Grécia e, de lá, vieram para o Brasil. Então nossa abertura vai mostrar um grande império grego, o condor vem grego… Depois mostramos a trajetória de camelô do Silvio, passando pela barca, a Avenida Rio Branco, etc. O setor seguinte traz uma grande mudança na vida dele: a entrada no rádio, sem deixar a camelotagem. Nessa época, ele fazia apresentação de artistas no rádio e no circo. Então nós vamos trazer um carro que é meio rádio, meio circo, uma coisa louca… Aí nós trazemos a entrada dele na televisão, com suas frases e bordões. Em seguida, mostramos o grande marco do Silvio na TV, com os programas aos domingos: “Domingo é dia de alegria!”.
Nesse setor, temos o carro Domingo no parque. Depois disso, temos a parte dos jogos, que foram um componente muito forte na vida dele. Por fim, fazemos uma grande homenagem a ele, dando o Troféu Imprensa a Silvio Santos, o maior apresentador de TV do País.

E o SBT, como será abordado no enredo?
Nós não entramos diretamente nessa área. Nós falamos dos programas dele, fazemos algumas passagens relacionadas aos programas, mas não falamos diretamente da emissora SBT. Nós não vemos necessidade de falar do SBT se já estamos falando do Silvio Santos.

Vocês tiveram algum contato com a Rede Globo em função da escolha do enredo?
Não que eu saiba. Nas nossas matérias que aparecem na Globo, nós não entramos nesses detalhes, e eles também não perguntam…

Como você acha que vai ser a cobertura da Globo em relação à Tradição?
Eu acho que vai ser normal. Nós falamos de uma personalidade brasileira, como se falássemos de qualquer outro artista que fez um marco no País. Não acredito que haja discriminação em relação à escola. Essa é a grande questão do carnaval, mas eu encaro como uma coisa normal.

Como é fazer um carnaval-homenagem?
Bem, eu gosto de fazer homenagens. Eu fiz um enredo sobre Linda e Dircinha Batista, no meu último ano na Ponte o enredo foi sobre Paulo Gracindo, homenageei também a Alcione… Aqui na Tradição é o primeiro ano. Para a escola está sendo diferente, porque a Tradição sempre foi muito histórica, folclórica, lendária… E estamos pulando para um estilo diferente, e isso está sendo uma novidade.

E como os componentes estão recebendo isso?
Muito bem. A escola sempre vem bem, animada, e não está sendo diferente esta ano. Nós já começamos os ensaios técnicos e estamos percebendo isso.

Como se dá essa transposição do papel para a Sapucaí, ou seja, como uma sinopse vira carnaval?
Isso é difícil de explicar, é algo que surge na hora… Carnaval é como se fosse fazer um filho, e esse filho só nasce na Avenida.

Qual foi o carnaval que você mais gostou de fazer?
Aqui na Tradição eu gostei muito de fazer Balangandãs, em 96, com o qual fomos campeões. No Grupo Especial, o meu preferido foi a homenagem a Jacarepaguá, em 99 (Nos braços da História, Jacarepaguá, quatro séculos de glórias).

O desfile de 2000 teve algumas falhas em setores importantes. Como vocês estão trabalhando com isso para 2001?
Desfile de escola de samba é assim: você trabalha o ano inteiro, imagina o melhor, mas às vezes na Avenida acontece tudo diferente. Foi o que aconteceu… Tivemos alguns probleminhas, mas conseguimos ficar no Grupo Especial, e esperamos continuar esse ano também.

Página do Silvio

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 5

Silvio sempre estampa as capas de revistas acompanhe algumas delas:

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 4

Agora vamos relembra mais sobre o Silvio Santos fazendo a linha do tempo do Rei da TV, confira:

Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)

Silvio Santos é considerado um dos maiores comunicadores do Brasil e está completando 81 anos nesta segunda-feira (12). O apresentador, que começou a trabalhar como camelô no Rio de Janeiro, já passou por quatro emissoras, foi tema de enredo de Carnaval, entrou para o Guinness Book e já foi locutor de rádio. De origem humilde e com uma baita trajetória de sucesso, ele é o homenageado da semana no Portal Sbtista Confira os momentos mais marcantes de nosso ídolo na Linha do Tempo: Silvio Santos!
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Senor Abravanel, ou simplesmente Silvio Santos, nasceu dia 12 de dezembro de 1930, no bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. Ele é filho do grego Alberto e da turca Rebecca
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
O ‘Homem do Baú’ começou sua carreira aos 14 anos, trabalhando como camelô. Ele vendia capa de plástico para título de eleitor
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Aos 18 anos, o carioca se alistou no Exército como paraquedista no bairro de Deodoro, que fica na Zona Oeste do Rio de Janeiro
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Silvio Santos, que já tinha feito testes na Rádio Guanabara quando era camelô, deixou a vida de trabalhador ambulante e entrou para o time de radialistas. O rapaz decidiu ser locutor de uma rádio em Niterói e ainda montou um serviço de alto-falantes dentro das barcas
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Depois de um acidente com uma das barcas onde trabalhava, ele precisou morar um tempo em São Paulo. Em 1950, Silvio passou a fazer parte da Rádio Nacional e trabalhou em bares, apresentando espetáculos e sorteios em caravanas de artistas
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Já no finalzinho da década de 50, em 1957, o carioca radicado na Terra da Garoa, ganhou do amigo Manoel de Nóbrega o controle da empresa Baú da Felicidade, que estava quase falindo. Ele virou de vez o ‘Homem do Baú’
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Com a carreira cada vez mais em ascensão, o apresentador lançou em 1960 seu primeiro disco compacto com marchinhas de Carnaval
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Dois anos depois, ele casou pela primeira vez. A felizarda era Maria Aparecida, mais conhecida como Cidinha. Juntos eles tiveram duas filhas, Cíntia e Sílvia
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
No mesmo ano, Silvio Santos ganhou seu primeiro programa de TV, o ‘Vamos Brincar de Forca’, que era transmitido pela TV Paulista. Com o passar do tempo, o formato foi se aprimorando para o ‘Programa Silvio Santos’
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em 1966, a TV Paulista foi comprada por Roberto Marinho, e virou a Rede Globo. Silvio apresentava seu programa dominical e era uma dos maiores astros da emissora. Sete anos mais tarde, ele perderia sua primeira mulher para o câncer
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em maio de 1975, o então presidente General Ernesto Geisel concedeu a Silvio Santos o canal 11 (TVS) do Rio de Janeiro. Um ano depois ele saiu da Rede Globo e trabalhou na Rede Tupi e na TVS, ao mesmo tempo.Com a falência da Rede Tupi, em 1980, o ‘Programa Silvio Santos’ migrou para a TV Record
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Foi somente em 1981 que o ‘Homem do Baú’ ganhou a concessão da TV Tupi e criou o SBT. A emissora logo ocupou a segunda posição entre as redes de TV aberta no Brasil
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Foi também em 1981 que ele casou pela segunda vez. Íris Passáro, que na época era sua funcionária, oficializou a união com Silvio Santos e juntos eles tiveram mais quatro filhas: Daniela, Patrícia, Rebeca e Renata
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em 1988, ele propôs sua candidatura para ser prefeito de São Paulo. Contudo ele não conseguiu. No ano seguinte, o apresentador alçou voos maiores e se candidatou a presidente do Brasil. Mas Silvio Santos teve seu registro de candidatura rejeitado pelo Tribunal Superior Eleitoral por causa de irregularidades no registro do partido em que ele estava
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em 1993, o apresentador recebeu uma grande honra quando o ‘Programa Silvio Santos’ entrou para o Guinness Book, o Livro dos Recordes, como a atração mais duradoura da TV
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Outra grande homenagem aconteceu em fevereiro de 2001 durante o Carnaval. Ele foi homenageado pela escola de samba carioca Tradição com enredo ‘Hoje É Domingo, É Alegria. Vamos Sorrir e Cantar!’. Silvio Santos desfilou como destaque em um carro alegórico
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em agosto do mesmo veio um susto. Foi quando Patrícia, uma de suas filhas, foi sequestrada e mantida em cativeiro. Uma semana depois, Silvio virou refém na própria casa, pelo bandido da mesma quadrilha que tinha sequestrado Patrícia
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Em novembro de 2010, o Grupo Silvio Santos enfrentou uma grande crise financeira por conta de um rombo no Banco PanAmericano, que pertence ao grupo do apresentador. Mas, com o tempo, o problema foi superado
Linha do Tempo: Silvio Santos - 1 (© Montagem Famosidades)
Com carisma de sobra e o carinho do público, Silvio Santos é um dos maiores comunicadores do Brasil. Tá bom ou quer mais?
Nossa homenagem não para por aqui a este mestre da TV brasileira, admirado por tantos. Que este dia seja muito especial para Sílvio, pois para nós fãs deste ícone é um dia mais do que especial, é o dia daquele pelo qual sentimos enorme admiração. Felicidades Sílvio Santos, o rei da TV brasileira. Fiquem ligados, durante todo o dia homenagens e mensagens serão postadas destinadas à nosso mestre.
Famosidades

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 3

Eu aqui já relembrei e passei videos de homenagens mais a homenagem mais emocionante e que o Silvio, que não gosta destas coisas, adoro foi a do SBT no ano passado confira:

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 2

Tanta coisa boa se passou pela história de Sílvio Santos que ele merece recebe tantas homenagens, inclusive está foi uma das primeiras homenagens que ele recebeu, foi de uma escola de samba:

Olha que glória, que beleza de destino
Pra esse menino deus reservou, ô ô
Ele cresceu, ele venceu, vive sorrindo
Com muito orgulho, foi camelô
Nasceu na lapa, no rio de janeiro
Esse artista é o enredo da nossa tradição

Foi do rádio, minha gente
Hoje na televisão, oi, patrão
Faz o dia mais contente,
A alegria do povão

Qual é o prêmio lombardi, diz aí
Qual é a música quem sabe, canta aí
Quem quer dinheiro?
O aviãozinho vai subir

Minhas colegas de trabalho
Que beleza de auditório
Abre a porta da esperança
É namoro na tv
Boa noite, cinderela
Gosto de você
Em nome do amor,
Eu quero morrer de prazer

Laiá, laiá, oi laiá, laiá, oi
É um baú de felicidade
Vamos cantar, vamos brincar vamos sorrir
É domingo, é alegria
Silvio santos vem aí

No ano a escola não ganhou mas trouxe muita tradição ao sambódramo e é por isto que o mestre da TV Sílvio Santos é incomparável mas para quem quer homenagear imitando ele saiba como:

Baú RNTV – Homenagem ao Silvio Santos – Parte 1

Lá lá lá Rei lá lá lá lá lá lá lá lá lá agora é hora de alegria vamos sorri e cantar do mundo não se leva nada vamos sorrir cantar… Ao som desta música os domingos viravam o dia de alegria como dizia a música: é dia de alegria então sorri e vem pra cá a festa continua a casa é sua pode entrar…

Estar no ar a homenagem ao Silvio Santos

Hoje, segunda ás 20h00

Olha que glória, que beleza de destino
Pra esse menino deus reservou, ô ô
Ele cresceu, ele venceu, vive sorrindo
Com muito orgulho, foi camelô
Nasceu na lapa, no rio de janeiro
Esse artista é o enredo da nossa tradição

Foi do rádio, minha gente
Hoje na televisão, oi, patrão
Faz o dia mais contente,
A alegria do povão

Qual é o prêmio lombardi, diz aí
Qual é a música quem sabe, canta aí
Quem quer dinheiro?
O aviãozinho vai subir

Minhas colegas de trabalho
Que beleza de auditório
Abre a porta da esperança
É namoro na tv
Boa noite, cinderela
Gosto de você
Em nome do amor,
Eu quero morrer de prazer

Laiá, laiá, oi laiá, laiá, oi
É um baú de felicidade
Vamos cantar, vamos brincar vamos sorrir
É domingo, é alegria
Silvio santos vem aí

Feliz aniversário Silvio Santos

Nasceu no bairro carioca da Lapa no dia 12 de dezembro de 1930. Seus pais, Alberto e Rebecca Abravanel eram imigrantes, ele da Grécia e ela da Turquia. Juntos tiveram seis filhos, Senor foi o primogênito do casal.

Diante destas informações vocês leitores ja devem saber quem é, mas se não sabe eu vós digo, ele é Senor Abravanel mais conhecido pela alcunha Silvio Santos, é um prestigiado apresentador de televisão e empresário e felizmente acima disto tudo ele é um ícone da tv brasileira e é por estas e outras que desde a direção até a redação, desejamos ao Senor Abravanel conhecido como Silvio Santos nossos sinceros Feliz Aniversário e que o senhor Jesus de mais e mais anos de vida, por último novamente gostaríamos de dizer que tenha um feliz e bom aniversário Silvio.

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.