Santos se arma para selar favoritismo

Chegou a hora. Após 175 dias de espera desde a conquista da Copa Libertadores, o Santos enfim estreia no Mundial Interclubes da Fifa. Aliás, depois de 48 anos do segundo título, o Peixe tem a responsabilidade de confirmar o favoritismo para chegar a tão esperada decisão – muito provavelmente – contra o Barcelona. Mas, antes, o time de Muricy Ramalho tem de superar os anfitriões do Kashiwa Reysol, às 8h30 de hoje (horário de Brasília), no Toyota Stadium.
É absolutamente incontestável que o Santos tem time superior ao dos japoneses. Mas todo cuidado é pouco, afinal vale lembrar que no ano passado os congoleses do Mazembe tiraram o favorito Internacional justamente nessa fase da competição. O mesmo vale para o Barcelona, que encara o Al-Sadd, do Catar, amanhã.
Aliás, a superioridade santista também é válida na altura dos jogadores: o maior do Kashiwa Reysol tem 1,83 m (o lateral-direito Sakai). O goleiro Sugeno, por exemplo, tem 1,79 m. Dessa forma, as bolas paradas também se transformam em importante arma favorável ao Peixe.
E no esquema tático montado pelo técnico Muricy Ramalho, sai um baixinho do time e entra um grandalhão. O lateral-esquerdo Léo (já está recuperado e ficará no banco) e o deslocamento de Durval (1,85 m) para o lado do campo, Bruno Rodrigo (1,86 m) entra como titular junto de Edu Dracena (1,87 m) na zaga santista. O treinador não teve o menor pudor ou preocupação em divulgar a escalação. Afinal, todos – inclusive o técnico do Kashiwa, o brasileiro Nelsinho Baptista – conhecem os jogadores do Santos.
A outra presença confirmada é o meia Elano. Mesmo com suas limitações físicas, é um jogador de experiência bastante exaltada por Muricy Ramalho que, segundo ele, faz diferença neste momento. “Conta muito numa competição internacional. O Elano não está 100% fisicamente porque só fez dois jogos depois que se recuperou da lesão, mas pelo que vi nos treinos está pronto para nos ajudar bastante”, explicou o treinador.
No meio-campo, Henrique ocupará a vaga de Adriano que, lesionado, sequer viajou ao Japão. Já o atacante Diogo nem vai ao banco de reservas – está com lesão muscular no adutor da coxa direita. O jogador, inclusive, é dúvida até para a partida de domingo (seja a final ou a disputa do terceiro lugar).
E se o Santos está definido, o Kashiwa deve mandar a campo o time base que venceu seus dois jogos no Mundial até agora (Auckland e Monterrey). Como assistiu aos dois jogos, Muricy Ramalho sabe o que terá pela frente.
“A gente sabe que o time japonês vai nos dar bastante trabalho. Temos o pé bem no chão. É um grupo organizado, mostrou nos jogos. Tem dois volantes que armam bem o time. Dois brasileiros. Vi as partidas de um time que merece respeito”, concluiu o treinador santista.

Diário do ABC

Anúncios

Sobre Henrique Oliveira

Um cara sonhador. Dono e fundador do CLUB TV. O Blog que luta para ter seu espaço no mercado da informação sobre televisão. @Oficialclubtv / @mentedigital

Publicado em dezembro 14, 2011, em Noticias manhã e marcado como , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , . Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Obrigado Por Visitar o NRTV !

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: